quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Fotografia em movimento - Panning por Antonio Marin Jr.


"A técnica de fotografia Panning consiste em deixar o motivo focado e deixar o fundo desfocado, ou borrado. A velocidade do obturador deve ser lenta e o motivo deve ser acompanhado com a câmera."
Como fazer:

Primeiramente, com máquinas compactas é um pouco difícil. As vezes você consegue de primeira, mas as vezes não. E o foco nas compactas com disparos contínuos é mais difícil porque você acaba perdendo a imagem durante os disparos.
Para focar qualquer objeto é necessário apertar o botão primeiro até a metade. Depois você deve acompanhar o skatista (motivo) focado e disparar. Para fazer esse foco é preciso que você acerte o pontinho central que se vê no visor no motivo. Isso é uma garantia maior de que o foco ficou no motivo em movimento.

Pontos focais

Em seguida pode disparar no modo contínuo, acompanhando o motivo (esse modo possibilita acertar mais fácil) ou único. Acho que todas as digitais hoje em dia tem esses dois tipos de disparos.
Agora vou falar da parte mais difícil que é acertar a velocidade do obturador. Se a velocidade de disparo for muito alta, vai ficar tudo congelado e não vai dar o efeito.
Exemplo velocidade alta congelou toda a imagem:

C:\Users\Antonio Marin Jr\Pictures\Flickr\Fotocomposição\Panning\IMG_8464.JPG

Então é necessário colocar uma velocidade um pouco baixa (1/20, 1/30) para que o skatista fique congelado e o fundo borrado/riscado. Quanto mais rápido tiver o skatista (motivo) mais riscado e borrado vai ficar o fundo e mais legal vai ficar a foto.
Se o motivo estiver muito rápido, a velocidade do obturador pode ser um pouco mais rápida também (1/50, 1/60).
Essa eu fiz com uma DSLR Canon EOS T3i.
Tempo de exposição: 1/15 (o skatista estava muito devagar, então com essa velocidade e sem adiantar ou atrasar o foco acabei conseguindo um bom efeito).

C:\Users\Antonio Marin Jr\Pictures\Flickr\Fotocomposição\Panning\Panning - Antonio Marin Jr (4).JPG

Veja a foto abaixo com o ciclista focado. O foco permaneceu no ciclista (foco seletivo) mesmo aparecendo outro elemento em movimento.
Tempo de exposição: 1/40s (velocidade um pouco alta. Repare que o fundo não ficou tão desfocado, mas a presença de outro elemento deu um efeito interessante)

C:\Users\Antonio Marin Jr\Pictures\Flickr\Fotocomposição\Postadas\Panning - Antonio Marin Jr.JPG

Resumindo: mirou (centro do visor) - focou - acompanhou - disparou (único ou contínuo)

Agora é com vocês: postem uma foto Panning na Comunidade Fotógrafos do Brasil com a hashtag: #concursofotobrasilpanning e local (cidade/estado) até o dia 29/10 às 20h.

Após esta etapa serão selecionadas 3 fotos para votação pública. A vencedora entrará para coleção Fotos Vencedoras do Concurso Fotógrafos do Brasil, e o autor da foto escolherá o tema para o próximo concurso. Paticipem!! :D


terça-feira, 25 de outubro de 2016

Álbuns compartilhados na Comunidade - Teatro Municipal do Rio de Janeiro por Paulo Figueiredo

Fotos feitas por Paulo Figueiredo no Teatro Municipal do Rio de Janeiro localizado na Cinelândia, no centro da cidade do Rio de Janeiro.










 


Para ver o álbum original, clique na imagem abaixo:




Para conhecer mais trabalhos de Paulo Figueiredo acesse:

Perfil no Google+



quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Fotografia e chuva, combinam?


Perguntamos aos nossos entrevistados se já aproveitaram a Chuva como tema para fotografia. Confiram as respostas abaixo:


  • Jose D, Janning:
Já aproveitei a chuva sim. Fiz esta e outras, o resultado me agradou pelas gotículas que aparecem.




  • Graziele Januário:
Sim já fiz e gostei ...fiz explorando o céu e as nuvens escuras ajudou bastante e fiz explorando as gotas ...com o auxílio do tripé pois baixei bem a velocidade.



  • Mauro Veríssimo:
Eu não tirei uma foto tendo a chuva como tema, mas tiraram uma foto, a meu pedido, num dia de muita chuva.

Gostei da ideia e vou tentar sim.



  • Edson Fassoni:
Nunca fiz uma foto aproveitando o tema chuva, mas ainda vou tentar.

Mas não queria fotografar os efeitos da chuva como desastre e desespero, deixo isso para os colegas fotógrafos jornalistas.
Gostaria sim de fotografar a beleza da chuva e os efeitos bons que ela nos traz.
Tive o prazer de sair de casa logo após a chuva para uma caminhada e tentar capturar um arco-iris, mas o máximo que consegui foi esse reflexo num poça de água de chuva refletindo o céu azul aberto e pés de eucaliptos:


  • Dalva Alves:
Não. Mas com certeza ainda  irei tentar, pois tenho muitas ideias a serem fotografadas.


  • Michel Silva:
Tive algumas experiências com dias de chuva, elas mais atrapalharam do que ajudaram por ser algo que não esperava, sem falar nos respingos na lente, mas consegui contornar a situação e fiz duas das minhas fotografias favoritas que segue em anexo. Segue tbm um exemplo de como a chuva me "atrapalhou"





















  • Selma Xavier:
Tentei algumas vezes, mas não consegui bons resultados.Gostaria muito de fazer uma foto com chuva. Ela cria espelhos d'água incríveis e o resultado é muito bonito.


  • Antonio Marin Jr.:
  • Sim.  Gostei do resultado de uma foto que fiz da sacada do meu apt.
    Vi uma garota andando na chuva e não perdi a oportunidade. Pra melhorar ainda tinha alguns raios de sol.




E vocês queridos seguidores, já aproveitaram a chuva para fotografar? Gostaram do resultado? Comentem!


terça-feira, 11 de outubro de 2016

Fotógrafos do Brasil no Exterior - Irlanda: uma entrevista com Michel Silva

Depois de rever o álbum de fotos de St. Green Park em Dublin - Irlanda, que tal saber um pouquinho mais sobre essa viagem? Michel Silva, 21 anos, natural de São Paulo/SP, que retornou essa semana ao Brasil, reservou um tempinho para responder algumas perguntas. Acompanhem e revejam algumas de suas fotos.


  • Você viajou para Irlanda especialmente para estudar fotografia?
Não, o principal motivo da viagem foi fazer um curso de inglês. A fotografia foi para registrar a viagem e acabou ganhando uma outra proporção. Com o passar do tempo fui ganhando experiencia e aprendi muito, principalmente composição, vi que as pessoas estavam gostando do trabalho que estava realizando, fui dando mais importância para isso. Apesar das limitações de uma super zoom, acho que consegui registrar bem os lugares por onde passei. Editar as imagens foi um desafio, usava um celular com uma tela de 3 polegadas com uma baixíssima resolução, utilizava apenas o Snapseed para editar as imagens, agora estou com um novo aparelho e estou aprendendo à utilizar o Lightroom e o Vsco. Apesar das limitações, prefiro utilizar o smartphone para editar as imagens.


  • Quais foram os melhores lugares para fotografar? 
As paisagens naturais, onde não tinha muitos turistas. Alguns pontos eram dificeis de fotografar por conta do grande numero de turistas. O centro da cidade foi um lugar que não consegui fotografar muito bem por conta das diversas obras estavam sendo realizadas na cidade. O clima também era algo que atrapalhou bastante. Visitei alguns lugares que não consegui fotografar muio bem por conta da chuva e do vento forte. O céu cinza também foi algo que de certa maneira atrapalhava, mas com o tempo comecei a tirar proveito disso.





  • Existem restrições em alguns pontos turísticos para fotografar? Dê exemplos. 
Em momento algum encontrei restrições para fotografar. Problema que já encontrei fotografando parques em São Paulo. Não compreendo os motivos da proibição.



  • Conheceu alguns fotógrafos de lá? 
Pessoalmente não, mas conheci o trabalho de alguns fotógrafos como Pawel Pentlinowski e Patrick Donald. São dois fotografos com trabalhos incríveis.




A Irlanda é um belissimo pais para fotografar, possui paisagens deslumbrantes e uma arquitetura que remete muito bem a sua história.A fotografia foi muito importante durante o meu intercambio, foi uma maneira que encontrei para passar o tempo e distrair a cabeça durante sete meses fora de casa. Foi o período onde realizei as minhas melhores fotografias. Em breve postarei as demais imagens que realizei. Fiquei muito feliz com o convite, vejo como um reconhecimento, e todo reconhecimento é muito importante para mim.







Que maravilha Michel!  É bom saber que apesar de a Fotografia não estar em seus primeiros planos para essa viagem, ela te conquistou e o tempo que você dedicou a ela, fez render ótimos registros. Aguardaremos as próximas postagens! E que surjam oportunidades incríveis para você aqui no Brasil!!! :) 

Para conhecer mais trabalhos de Michel acesse:  

Perfil no Google +

Perfil no Instagram

Perfil no Flickr



sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Coleções da Comunidade Fotógrafos do Brasil

Como a maioria já sabe foram criadas algumas Coleções, através do perfil da Comunidade. Estas coleções tem o objetivo maior de valorizar ainda mais o trabalho dos membros, dando oportunidade de ele ser visto pelo público em geral, que se tornam muitas vezes seguidores e acompanham cada atualização. 

  • A coleção Entrevistas reúne as postagens do blog com as entrevistas feitas com alguns membros da Comunidade que participam (ou participaram) de forma significativa na mesma.

A cada semana a foto capa é trocada por outra, de um dos membros que foram entrevistados.


  • A coleção Explorando as Regiões Brasileiras, reúne as postagens compartilhadas pelos membros de acordo com cada região. Uma forma de mostrar o Brasil através das lentes dos fotógrafos da Comunidade.  





O requisito indispensável para que uma postagem faça parte destas coleções, é a legenda com o local (cidade/estado) onde foi feita a foto. É interessante também que seja mencionada alguma informação a mais sobre o que se registrou, por exemplo, o nome do ponto turístico, pois nem sempre é possível descobrir dados sobre o local somente pela foto.


  • A coleção Aves, que reúne as fotos de várias espécies registradas e compartilhadas pelos membros na comunidade.


O requisito indispensável para que uma postagem faça parte desta coleção também é a legenda com o local (cidade/estado) onde foi feita a foto. É interessante também, se possível, colocar o nome da espécie. 



Observações
       Em todas as coleções é informado o nome do autor da foto      Os textos que acompanham cada postagem são de fontes variadas e elas são sempre mencionadas na mesma.    Em todas as postagens é desativado o compartilhamento. Caso a pessoa se interesse em compartilhar terá que clicar na imagem e assim fazer o compartilhamento da postagem original feita pelo autor da foto.      A data do compartilhamento na comunidade não é levado em conta, assim fotos postadas em 2012, por exemplo, também poderão ser selecionadas para coleção.
      Antes de tudo é observada a relevância da postagem. As fotos selecionadas não precisam necessariamente seguir técnica.  



O que vocês, membros da Comunidade Fotógrafos do Brasil estão achando das coleções? Estão acompanhando? Deixem um comentário. :)






terça-feira, 4 de outubro de 2016

Álbuns compartilhados na Comunidade - St Green Park por Michel Silva


Fotos feitas por Michel Silva no St Stephen's Green Park, localizado no centro da cidade de Dublin na Irlanda












Para ver o álbum original, clique na imagem abaixo:




Para conhecer mais trabalhos de Michel Silva acesse:

Perfil no Google+